segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

‎2012
Mais um ano que acaba...
Este foi dos cheios, ri ,chorei muito, fiz 29, despeço-me dos vinte e não me importei, conheci gente da que nos enriquece, percebi que algumas pessoas não merecem a minha amizade e que outras a merecem a dobrar!
Logo no inicio do ano passei uns dias em Barcelona e soube-me a nada. Férias de verão fora, não houve, mas em compensação veio um carro novo.
Tive momentos de amizade e carinho daqueles que nos aquecem o coração nos momentos mais triste (e este ano foram alguns)..
Fui a uma jantar de bloggers e conheci gente fantástica..
Explodi quando tive de o fazer e umas poucas vezes sem necessidade ;) !
Cresci, sonhei, desiludi-me e deslumbrei-me, que 2013 seja também um ano repleto de vida e que finalmente eu gere vida cá dentro!
O meu dedo que adivinha diz que este não vai ser um ano fácil (nem quero pensar) mas vistas bem as coisas 2012 também não foi mas teve momentos sublimes, por isso peço apenas que 2013 no fim das contas tenha um balanço positivo porque anos prefeitos não há , mas temos que valorizar os momentos que nos fazem sorrir e se conseguirmos GARGALHAR !
 
Bom ano minha gente!

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Por aqui o cenário é este:

Atender clientes (alguns já em desespero), embrulhos, laços, sacos, trocos, oferecer uns brindes aos clientes que nunca nos trocam, etc...
Momentos com muiiita confusão...
É natal sem dúvida! :)

domingo, 16 de dezembro de 2012

Selinho

E o alentejanices foi um querido e passou-me este selo:


Regras do selo:


Quem é que mais admiras e porquê?
Sem dúvida a minha mãe!
Já aguentou muita coisa para ter-mos a vida que temos hoje...
Porque é que decidiste criar o blogue? Sentes que mudaste desde então?
Sinceramente? Porque achei giro na altura (e continuo a achar). Para mim isto é um diário da minha vida, para mais tarde recordar.

Uma vez que te foi oferecido, tens de passá-lo a quatro blogues que aches admiráveis - não pode ser simplesmente levado.


Eu vou passar para:
Por aqui hoje trabalhasse o dia todo. O natal tem destas coisas, o que vale é que o tempo não convida ao passeio, por isso não deixa pena.
Bom Domingo minha gente!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

E o temporal que por aqui vai???
Bem ir almoçar a casa está totalmente foooora de questão!
Por aqui, só se houve falar em casas sem telhados, árvores caídas nas estradas, lojas que entrou água de noite (felizmente a minha fica no meio de outras lojas).
O fim do mundo não era só no dia 21??
Será que anteciparam e não me avisaram de nada? Tenho uma máquina de roupa para estender em casa, vai-me acabar o mundo e a roupa por secar... 
Oh valha-me Deus :)
Com este tempo será que alguém sai de casa para vir às compras?
Hum... Não me parece...

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

A chuvinha voltou e nem por isso as temperaturas aumentaram. Por aqui até acho que está mais frio.
O que vale é que o trabalhinho tem sido bastante (graças a Deus que o comércio começa a mexer) e por isso nem tenho tido tempo para ter grande frio... Menos mal.. :)

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Isto de ir a ao jantar de bloggers tem as suas vantagem...
Nunca tive tantas visualizações por aqui como estes últimos 3 dias... :)

domingo, 9 de dezembro de 2012

Jantar de bloggers do Porto

Ontem foi uma noite diferente sem duvida. Associar nomes a caras, realmente foi bastante interessante.
No meio deles, senti-me mesmo "pequenina". Esta gente leva isto dos blogues mesmo a sério, fiquei bastante admirada como é possível haver alguém que consiga ler cerca de 300 blogues por dia. Ao ouvi-los só pensava na desilusão que terão ao ler este meu tão pequeno cantinho
Mas gostei muito de os conhecer, parecem ser pessoas em geral muito interessantes.
A impressão que tive delas foi:
Mary Jane: é um doce.
Ana: super alegre, simpática e muito acessível, tentou de um tudo para eu me sentir ambientada.
- Ni: super faladora, inteligente e como ela mesmo diz "com muita experiência de vida".
- Fã: tem uma pronuncia mesmo nortenha, uma pessoa sempre em cima dos acontecimentos dos blogues.
- Pestinha: tal como imaginava, uma pessoa bastante divertida.
Sofia/Margarida: Devem ser umas aventureiras para virem de Lisboa para o jantar.
- Xico: Não falei com ele, mas achei-o mais giro ao vivo do que na foto que tem no blogue.
Todos os outros que me desculpem, mas por estarem mais longe de mim na mesa pouco contacto tive para criar uma opinião.
Tive muita pena de não conhecer a S* e a Turista, tinha mesmo muita vontade de as conhecer, mas com certeza outras oportunidades surgiram.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Cheira a merda...

A loja onde eu trabalho, fica dentro de um centro comercial.
À pouco, estava uma senhora a ver a minha montra perto da porta, até aqui tudo normal.
Estava eu descansada na minha vidinha, quando ouço um grande e sonoro... próóóc... Sim, sim um traque, uma bufa, um peido para ser mais precisa.
A senhora toda atrapalhada, olhou para um lado, olhou para o outro e nada, ninguém estava a ver, acho que até ouvi a senhora a dizer ufa... que sorte...
O que ela não reparou foi em mim, que mal me contendo com tanto riso, até me escondi atrás do pc para ela não me ver. Estou até agora a rir.
Dizem que merda é sinal de dinheiro... Espero que hoje à hora do fecho da caixa, esta esteja bem recheada! :)

Será que encolheu? Ou eu cresci?

Hoje ao escolher a vestimenta para o dia, como está um frio de rachar, peguei claro está, numa camisola quentinha de lã (brrr por aqui está um gelo daqueles). 
Como este ano ainda não a tinha usado, estava embalada, (por norma este tipo de peças tenho por hábito levar a lavandaria para não as estragar).
Para meu espanto, ao abrir o saco que continha a camisola, achei que esta estava mais pequena, mas mesmo assim vestia porque estava com pressa, deve ser impressão minha, pensei. E lá vim toda contente.
Ao chegar à loja, ao despir o casaco, olho para as mangas e constato que as mesmas, se encontram a cima da linha do relógio.
Resumindo, hoje vou andar numa linda figura, além do frio que vou rapar... :)

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

E começar o fim de semana a limpar na parede o painel lateral do carro ao sair da garagem...
Maravilhoso não é? Que mais me vai acontecer???
Será que vou ter que ir à bruxa fazer uma macumba para o mau olhado??? :)

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

O dia de ontem foi cheio de emoções... Boas... Más... Alegres... Tristes...
Posso adiantar que gostei da médica, ela ao examinar-me viu logo que já tinha feito algum tratamento, porque estou com hiper-estimulação dos ovários, perguntou quem foi o médico que me receitou o tratamento e como o tomei. Lá lhe respondi e disse que parei porque estava a engordar muito. Ao que me respondeu: 
- Pudera! Ainda bem que parou, isto não esta nada famoso.
Ao examinar-me encontrou um saquinho com um liquido, tenho a certeza que pensou que eu estava grávida, não o disse por palavras, mas as expressões da cara disseram tudo. Em palavras só disse que estava tudo em aberto.
Seguiu-se uma análise ao sangue e 3h de espera na urgência pelo resultado. Mal ví a médica (já era outra) a cara dela disse-me tudo, mesmo antes de a ouvir:
- Não tenho boas noticias, gostava de ter outra resposta para lhe dar...
Negativo, claro está... Beta 0.50
A mestruação continua sem vir, mas segundo a médica deve estar quase. Se não vier para a semana, mais um teste (que irá dar negativo com toda a certeza) e mais umas drogas cá para dentro.
À médica de infertilidade volto dia 24 de Janeiro com o marido. Segundo ela, isto é um projecto conjunto, não devo ir sozinha a estas consultas.
O marido prontificou-se logo para ir. Coitado, bem sei que isto também o entristece muito.
Agora é nada de grandes esforços, por causa dos ovários e esperar que estes voltem a normalizar para ver o que se vai fazer.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

É hoje!!!

É hoje o dia da verdade!
Daqui a umas horas já devo saber o que se passa com a máquina...
Estou com uma dor de barriga que nem é bom...
Torçam por mim amigos. Espero trazer boas noticias e se não as trouxer, pelo menos que a médica seja cuidadosa com as palavras que tenha para me dizer. Tenho uma amiga na mesma situação, que já esteve com ela e detestou-a, quero pensar que estivesse num dia mau, que hoje a vá apanhar bem disposta.
A ver vamos... :)

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Aguarda-se com ansiedade

Por aqui aguarda-se com alguma ansiedade por quinta feira.
Nesse dia vou pela 1ª vez ao hospital publico para uma consulta de infertilidade, irra que não me habituo nada a essa palavra.
Tenho algum receio do que vou ouvir. Não sei qual é melhor de ouvir, se está tudo bem tem que ter calma, que qualquer dia acontece. Se alguma coisa mudou nestes ultimos meses e agora vai-se a ver e afinal sempre havia alguma coisa.
Quinta na hora de almoço lá vou eu... A esperança cá continua, pequenina, para não pirar da cabeça, mas continua...

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Tem mesmo vocação!

A minha colega de trabalho (fins de semana) está a estudar para psicologa. Se nasceu para issso?
Sem dúvida!
É uma querida, gosto mesmo de falar com ela. Esteve aqui à pouco e desabafei um bocado com ela o meu "problema".
Ela como sempre, ouviu sem julgar os meus nervos e ansiedades, por fim deu os conselhos que tinha para dar e mudou de assunto.
Exactamente o que eu preciso, mudar de assunto, esquecer...
Por isso gosto tanto dela... Vai dar uma excelente profissional!

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

"Nunca desesperes face às mais sombrias aflições de tua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda." (Provérbio chinês) ...

Quero tanto acreditar nisso...
Não contente com um negativo, ontem no fim do trabalho fui ao medico fazer outro teste... Negativo já se estava mesmo a ver.
Nunca desejei tanto que a menstruação viesse... Com esta ausência o sossego não me acompanha os dias, vejo sintomas em tudo e nada  eles querem dizer.
Antes de dormir, sim porque conseguir dormir não foi fácil, a coisa descambou... Foi a choradeira total... Foi soltar o aperto do coração que teimava em fazer-se de forte.
Hoje estou com uma cara de meter medo. E o coração, esse nem se fala!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Podia ser hoje...

Podia ser hoje...
O dia 13 de Novembro de 2012 podia ficar na memória do dia mais feliz da minha vida, mas quis o destino que assim não fosse.
Após vários dias de atraso, marquei como meta quarta-feira para fazer um teste de gravidez.
Ontem fui compra-lo. Já estava mesmo à espera de não aguentar mais um dia na dúvida, resumindo acordei às 6 da manhã e fui faze-lo.
Por superstição ou não, fiz o teste na casa de banho do meu quarto, (da outra vez fiz na de serviço) tinha comprado um teste todo xpto (caro) porque estava mesmo convencida que ía valer apena.
O mal é que a segunda risquinha nunca chegou aparecer, com isso foi-se a esperânça, a alegria, a dor no fundo da barriga, tudo...
Começo a desanimar... muito...

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

"Na minha próxima vida, quero viver de trás para frente.

Começar morto, para despachar logo o assunto. Depois, acordar num lar de idosos e ir-me sentindo melhor a cada dia que passa.



Ser expulso porque estou demasiado saudável, ir receber a reforma e começar a trabalhar, recebendo logo um relógio de ouro no primeiro dia.

Trabalhar 40 anos, cada vez mais desenvolto e saudável, até ser jovem o suficiente para entrar na faculdade, embebedar-me diariamente e ser bastante promíscuo.


E depois, estar pronto para o secundário e para o primário, antes de me tornar criança e só brincar, sem responsabilidades. Aí torno-me um bebé inocente até nascer.


Por fim, passo nove meses flutuando num “spa” de luxo, com aquecimento central, serviço de quarto à disposição e com um espaço maior por cada dia que passa, e depois – “Voilà!” – desapareço num orgasmo."
Woody Allen
Retirado do blog "perolas da minha vida"!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Ví à pouco que vão organizar um jantar de natal cá no norte. Estou tentada a ir... Será para mim uma estreia nesses encontros. Quem vai também?
Esta semana apesar de bem agasalhada, estou sempre dos joelhos para baixo completamente gelada... Sinceramente não sei o que se passa... Não está assim tanto frio, ou será que está?

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

E a noite de ontem que foi a alegria e divertimento total... O grupo sem dúvida é do melhor.
Já tirei várias formações pós-laboral mas nunca encontrei formadora e colegas tão porreiros como estes.
A noite foi regada com muitas trocas de piadas e como consequência muitas risadas.
Voltamos dia 6 para nova formação e já combinamos dia 13 (que é quando todos podem estar presentes) fazer um magusto na sala de aula. Uns levam as castanhas, outros as panelas eléctricas para as assar, sumos etc.
Uma farra, já se está mesmo a ver! :)

terça-feira, 30 de outubro de 2012

E hoje termina mais um curso pós laboral "Tecnicas administrativas", muito sinceramente pouco aprendi, mas é sempre uma mais valia para o curriculum. Para comemorar hoje vamos todos às francezinhas.

Como o grupo é mesmo muito porreiro, vamos voltar todos em Novembro  com outro curso dentro da mesma área. Na minha opinião 99% só vai mesmo por causa do grupo e da formadora que é uma porreiraça... Mas prontos... Vale apena pelas conversas e trocas de ideias que existem nas aulas... :)

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A minha inscrição já esta feita...

Fim de semana bem passado...
Casa cheia de amigos para jantar e depois sair-mos todos para dançar...
Tão simples, mas tão bom!
A parte menos boa foi termos todos chegado à conclusão que estamos uns grandes pés de chumbo... Quem nos viu e quem nos vê... :)
Nós que nos conhecemos todos na dança, que andamos vários anos em danças de salão/latinas, mas que já desistimos à uns 2 anos (eu e o maridão, os outros já passou mais tempo).
Mas resumindo, uma desgraça! Deu para dar umas valentes gargalhadas e algumas pisadelas... É da praxe... Não podia faltar! :)

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

"Porque é que é tão fácil esquecermos-nos de lembrar 
e tão difícil lembrarmos-nos de esquecer?" 
by Alminhas
Ontem passei o o dia a decidir se este mês tomava mais uma dose de "porcaria", para alcançar o tão desejado objectivo. Pensei... Pensei... Conversei com o marido e chegamos à conclusão que este mês não tomava.
O medicamento não me parece que esteja a fazer grande coisa e provoca-me algum mau estar, mau humor, o corpo muito alterado, já para não falar que engordei um bom bocado desde que comecei a tomar os comprimidinhos.
No fim do mês que vem, tenho uma consulta com uma nova médica da especialidade e vou ver o que ela diz.
Este mês vou tentar meter "férias" deste assunto...

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

"CARTA DE UMA MULHER (INFÉRTIL) AO MUNDO

Para ajudar a clarificar o pouco conhecimento que existe sobre a infertilidade coloco aqui um texto sobre o assunto:
"CARTA DE UMA MULHER (INFÉRTIL) AO MUNDO
Ela sabe que a amas e queres que seja feliz. Sabe que gostavas que ela voltasse a ser a mesma de antes. Mas ultimamente ela parece-te ansiosa, deprimida e obcecada com a ideia de ter um bebé. Provavelmente é difícil entenderes por que ficar grávida é tão importante e parece ocupar cada segundo da sua vida. Ela espera que depois de leres este pequeno texto, escrito por psicólogos com experiência, entendas um pouco melhor a dor que ela está a sentir. Podes também ficar a saber melhor como ajudar.
Alguns efeitos da infertilidade
Pode ser surpresa, mas 1 em cada 6 mulheres que querem ter um bebé não o consegue. Há muitas razões para isso: bloqueio das trompas de Falópio, mau funcionamento ovárico, desiquilíbrios hormonais, exposição a substâncias tóxicas, baixa quantidade de espermatozóides do marido, entre muitas outras causas. E ainda por cima, quando uma mulher chega aos 35 anos de idade, torna-se mais difícil engravidar, principalmente porque muitos dos óvulos que produz são de baixa qualidade.
Todas estas barreiras para engravidar são físicas ou fisiológicas, não são portanto barreiras psicológicas. As trompas não se bloqueiam porque a mulher está "muito ansiosa" para engravidar. Quando existem anticorpos na mulher que matam o esperma do marido, por exemplo, eles não desaparecem se a mulher relaxar. E um homem também não pode fazer com que o seu esperma se mova mais depressa apenas com uma atitude optimista.
Sobre conselhos "bem intencionados"
Quando alguém de quem gostamos tem um problema, é natural tentarmos ajudar. Se não houver nada de específico que possamos fazer, tentamos pelo menos dar um conselho. Muitas vezes utilizamos as nossas experiências pessoais ou casos que envolvam outras pessoas que conhecemos: recordas-te de uma amiga que tinha problemas para ficar grávida e que essa amiga conseguiu só porque foi com o marido de férias para uma ilha tropical. Por isso achas que faz sentido sugerir-lhe para meter também férias com o marido…
Ela aprecia o teu conselho, mas a sugestão não lhe serve de grande coisa, porque o problema tem uma origem física. Pior ainda: a tua sugestão deixa-a mais magoada. Muito provavelmente já outras pessoas lhe disseram isso imensas vezes. Imagina como é frustrante ela ter de ouvir que outros casais engravidaram "magicamente" durante umas férias, simplesmente fazendo amor. Repara que ela está no meio de tratamentos de fertilidade. Nestas circunstâncias, fazer amor e conceber um filho não são coisas muito relacionadas uma com a outra. Nem imaginas quanto é difícil estar a tentar conseguir um bebé e quanto é desanimador sentir que no final de cada mês se voltou a falhar.
O teu conselho bem-intencionado é um esforço para transformares um problema extremamente complicado num problema demasiadamente simplificado. Ao simplificares o problema desta maneira, retiras importância ao que ela sente, menosprezando as suas emoções. E ela sente-se obviamente aborrecida e chateada contigo nestas circunstâncias.
A verdade é que não há nada de concreto que possas fazer para a ajudar. A melhor ajuda que podes dar é a tua compreensão e apoio. É mais fácil apoiá-la se souberes como pode ser devastadora a incapacidade de ter um bebé.
Por que pode ser tão devastador não ter um bebé?
As mulheres são geralmente educadas na expectativa de um dia terem um bebé. Muitas vezes imaginaram ser mães desde que em miúdas brincaram com as bonecas ou desde que começaram a obervar no mundo à sua volta a relação próxima entre "ser mulher" e "ser mãe". Quando ela pensa que não pode ter um bebé, pode sentir-se como uma mulher "defeituosa", a quem falta a capacidade de gerar e de ter filhos.
Por vezes, não ter um bebé é um factor de vida ou de morte. Na Bíblia, por exemplo, Raquel era estéril e disse a Jacob "Dai-me filhos ou morrerei..." (Génesis, 30). Comentando esta afirmação, alguém disse que “não ter filhos é como morrer aos poucos”. E isto sucede porque ter filhos é uma das formas de escaparmos à morte; é um modo de não termos medo da morte.
São tão poderosos os sentimentos relacionados com a infertilidade, que a pessoa pode sentir-se a morrer, ou mesmo querer morrer. E por enquanto ela nem sequer tem a certeza de que vai conseguir ter um bebé.
O que oferece a medicina moderna à mulher infértil?
Na década passada a medicina reprodutiva fez grandes avanços. O uso de certos medicamentos pode aumentar o número e o tamanho dos óvulos que a mulher produz, aumentando muito as oportunidades de fertilização. Na técnica de fertilização in vitro (FIV) extraiem-se os óvulos da mulher e junta-se com o esperma do homem, num "tubo de ensaio", fazendo-se assim a fertilização no laboratório. O embrião é colocado depois no útero da mulher. Mas existem muitas outras técnicas de reprodução assistida.
Apesar das esperanças que estas técnicas oferecem, são um "osso difícil de roer". Alguns procedimentos de alta tecnologia só existem em certas clínicas e isso pode obrigá-la a viajar grandes distâncias. Quando o tratamento está disponível por perto, ela tem de suportar as visitas regulares ao médico, aplicar injecções diariamente, compatibilizar o trabalho e a vida social com esses procedimentos e ainda gastar consideráveis somas de dinheiro. Tudo isto é acompanhado por uma série de exames embaraçosos e muitas vezes dolorosos.
A infertilidade é uma condição médica muito pessoal, que ela pode não estar em condições dar a conhecer no emprego ou de partilhar com o seu patrão. Por isso às vezes inventa desculpas cada vez que o tratamento coincide com o horário de trabalho.
Depois de cada esforço médico para engravidar, ela tem ainda de aguentar a espera, sempre salpicada por ondas de optimismo e de pessimismo. É uma verdadeira montanha russa emocional. Não sabe se os peitos inchados são um sinal de gravidez ou um efeito secundário dos medicamentos de infertilidade. Se vê uma mancha de sangue na roupa interior, não sabe se é o embrião a implantar-se ou se é o período que está a começar. Se não engravida depois de uma tentativa “in vitro”, pode sentir que o desejo de um bebé morreu mais um pouco.
Ela tenta viver com este tumulto emocional. Se a convidam para uma festa de boas vindas ao bebé de uma amiga, se a convidam para um baptizado, se sabe que uma amiga ou colega está grávida, se um dia lê uma história de um recém nascido abandonado, podes imaginar a angústia e a raiva que ela sente com as injustiças da vida! Porque a infertilidade penetra em quase todas as facetas da vida, porque surpreende que ela esteja obcecada em chegar à meta?
Ela pergunta-se a cada mês se será desta vez. E acaba por não ser, pergunta-se se tem energia para tentar de novo. Poderá pagar outro tratamento? Quanto tempo continuará o marido a apoiá-la? Será obrigada a abandonar o seu sonho?
Por todas estas razões, quando falares com ela, tenta sentir empatia com as dificuldades que atravessam a sua cabeça e o seu copração. Ela sabe que te preocupas com ela, e pode necessitar de falar contigo sobre oue está a viver. Mas ela sabe que não há nada que possas fazer ou dizer para a ajudar a engravidar. Ela tem medo que lhe faças uma sugestão que cause ainda mais desespero.
Que podes fazer por ela?
Podes apoiá-la e não criticares nenhum dos passos que ela esteja a dar para se proteger de um trauma emocional. O medo, o silêncio e a fuga podem ser apenas uma forma de ela se preservar a si própria de mais sofrimento. Podes dizer-lhe algo como: "Estou preocupado contigo. Agora que li este folheto, tenho finalmente uma ideia de como isto é difícil para ti. Gostava muito de te poder ajudar. Estou aqui para te ouvir e chorar contigo, se sentires vontade de chorar. Estou aqui para te animar quando te sentires sem esperança. Podes falar comigo. Eu vou estar contigo a partir de agora”.
Lembra-te que ela está perturbada e muito angustiada. Escuta-a, mas não a julgues. Não tornes pequenos os seus sentimentos. Não tentes querer fazer ver que tudo está bem. Não lhe vendas fatalismo com declarações como "O que tiver que ser será". Se esse fosse o caso, que sentido fariam os tratamentos de reprodução assistida? Saberes e quereres ouvi-la seriam já uma ajuda muito grande. As mulheres com problemas de infertilidade sentem-se à parte, diferentes das outras pessoas. A tua capacidade de ouvir e de apoiar ajuda-a a lidar com toda a tensão que está a viver. A infertilidade é uma das situações mais difíceis que ela teve de enfrentar na vida.
Exemplos de situações problemáticas
Tal como um quarto desarrumado pode ser um lugar cheio de obstáculos no caminho de uma pessoa cega, a vida quotidiana pode também estar cheia de dificuldades para uma mulher infértil. Estas dificuldades não existem para as mulheres que têm filhos facilmente.
Imagina que ela vai a casa de uma cunhada para uma reunião familiar. Uma prima está a dar de mamar ao bebé; os homens estão a ver um jogo de futebol e as outras mulheres falam sobre os filhos. Ela sente-se excluída e distante.
O dia de Natal e a passagem de ano são exemplos de outras festas particularmente difíceis para ela. Nestas ocasiões ela recorda o que pensou o ano anterior: “Para o ano vou ter o meu bebé e vou trazê-lo aqui para junto da minha família.”
Cada uma destas festas representa uma complicação para quem não pode ser mãe. No dia se São Valentim pode recordar o namoro, o amor, o casamento e a família que ela sonhou formar. O mesmo para o dia da mãe e o dia do pai. São dificuldades umas atrás das outras.
Actividades simples como caminhar na rua ou ir ás compras a um centro comercial são também saídas com surpresas a qualquer momento. Ver as outras mulheres a empurrar os carrinhos de bebé é algo que pode doer. Quando ela vê televisão é bombardeada por publicidade de artigos de bebé a toda a hora.
Num jantar alguém pergunta há quanto tempo é casada e se já tem filhos. Nestas ocasiões sente vontade de sair a correr, mas não pode. Se ela falar sobre a sua infertilidade é provável que oiça um dos tais conselhos bem intencionados: "Relaxa, não te preocupes, quando menos esperares...", ou ainda "Tens sorte. Eu estou farta dos meus filhos, gostaria de ter a tua liberdade". Estes são comentários típicos que fazem com que ela tenha vontade de esconder-se debaixo da mesa.
Refugiar-se no trabalho e na carreira profissional nem sempre é possível. Ver cada mês que o sonho não se cumpre, pode consumir energias para avançar na carreira. E à volta as outras colegas de trabalho vão ficando todas grávidas.
Resumindo
Por não estar a conseguir ter filhos, a vida é stressante para ela. Ela está a fazer o melhor que pode para sobreviver a este problema. Por favor, entende: às vezes ela está deprimida, outras está ansiosa, física e emocionalmente exausta. Ela não é agora tal como a conhecias; provavelmente nem vai querer fazer as coisas que antes fazia ou desejava fazer.
Ela não tem ideia de quando e como o problema será resolvido. Ou sequer se será resolvido. Poderá ter êxito, optar pela adopção ou ter de assumir uma vida sem filhos. Por enquanto ela ainda não sabe o que vai acontecer. Tem que levar as coisas dia a dia. Só não sabe porque tem de passar por isto tudo. De uma coisa está certa: vive com uma angústia tremenda todos os dias.
Por favor, olha por ela. Ela precisa e deseja que o faças."
Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer...

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Lí à pouco pela primeira vez o blog "Imensidão dos dias" ao qual tem lá um post com alguns meses em que diz assim:

Mais um mês a tomar hormonas. Mais um mês em que a resposta foi negativa. Mais um mês de um sonho desfeito. Mas mais um mês em que se renovam as esperanças. Pode ser contraditório o que aqui escrevo mas é assim que me sinto: triste mas ao mesmo tempo acredito. E é nesse acreditar que eu me agarro nestes dias em que fico no meu mundo à aguardar que as nuvens passem.

Hoje sinto-me exactamente assim... Mais um mês a tomar "porcaria" e sem provocar o grande objectivo.
Mas hoje até não me sinto tao triste como de costume... Acho que me começo habituar-me...

Ah a menina em questão está agora grávida... Fico feliz por ela... :)

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Ontem mesmo antesde ir dormir recebi uma noticia que me tirou o sono por completo.
Uma rapariga que à uns anos tinha andado comigo na dança, que com o decorrer do tempo fez parte do nosso grupinho das saídas à noite...
Faleceu no fim de semana de cancro na mama... 42 anos, 2 filhos que viviam com ela ( o pai estava separado já à muitos anos dela e nunca quis saber grande coisa deles).
Bem já avisei os outros e estamos de coração partido... Tão nova...

terça-feira, 9 de outubro de 2012

E ontem que preparei-me toda para uma noite romantica com o maridinho e ele ao chegar a casa e ver tudo isso, a pergunta foi:
- Então, diz lá o que estragas-te hoje cá em casa?
Este meu marido é um amor, aos olhos deles cá em casa sou eu a culpada de tudo o que se estraga, e ele como macho que é, acha que é o maior a consertar tudo... :)
E hoje que acordei com um enjoo daqueles. Tenho o estômago às voltas.  Bem gostava que isso fosse o tão esperado significado, mas não me parece... Acho que o leite creme que comi ontem à gulosa deve ser o responsável deste mau estar... É bem feita! :)

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Oláaa não morri nem nada de mau me aconteceu. Simplesmente não tem surgido vontade de escrever. Continuo a ler-vos todos os dias, mas só isso.

Hoje foi dia de vindimar na casa dos papás... Este ano as uvas foram poucas e muito fracas. É bom porque foi tudo rápido, por outro lado é mau porque os meus pais tiveram trabalho a tratar e pouco vinho vão ter. Para mim que não bebo nem pinga nem me aquece, nem arrefece.
Amanhã para compensar o dia de hoje vamos passear com os papás. O meu pai está sempre a dizer que quer andar na máquina nova, amanhã vamos dar um passeio grande para o calar... :)
Bem minha gente bom fim de semana prolongado... Aproveitem muito que eu vou fazer o mesmo... :) Fuiiiii...

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Não podia deixar de vos mostrar o mail que a minha colega de trabalho e grande amiga me mandou ontem...
Ela, como já o aqui disse, esta a passar uma fase menos boa, já descobri o porquê... Males do coração, claro está.
Eu pita chorona como sou, (para ajudar as hormonas estão novamente aos saltos) fiquei logo, não com a lagrima no canto do olho, mas sim os olhos mesmo cheios de lágrimas!
Ora aqui vai...


Olá! Sabes que valorizo muito e acima de tudo dizer as coisas pessoalmente. Mas isto não se trata tanto de falar sobre algo ou contar-te alguma coisa, isto é mais um agradecimento por tudo o que tens feito e sido para mim.
Desde o primeiro diz que te conheci percebi que eras uma excelente pessoa. Isso foi-se confirmando ao longo do tempo de convívio contigo e ainda mais certeza tive naquele dia em que me pediste para escrever sobre ti, a tua apresentação, algo tão pessoal e pediste a alguém que te conhecia à relativamente pouco tempo comparando-me com outras pessoas/amigos/familiares. Fiquei muito honrada com esse voto de confiança.
Tens-te mostrado uma pessoa excecional, fantástica, uma AMIGA maravilhosa, que está sempre lá (ou aqui do meu lado) quando preciso. Não existem palavras para descrever o quanto gosto de ti e significas para mim, e é de admirar porque eu falo tanto e consigo quase sempre descrever as "coisas". És mesmo uma grande e verdadeira amiga que nunca vou querer perder.
Obrigada por me ouvires sem questionares, sem condenares, sem criticares, e por nem te dar muito tempo para ti, para me falares de ti e dos teus problemas que sei que também os tens.
Mas para a próxima é a tua vez de tempo de antena e de seres tu a tagarelar. Sabes bem que estou sempre aqui para ti, para tudo, no que puder ajudar.
Eu sei e tenho a certeza que és muito forte e lutas pelo que queres e não és mesmo pessoa de desistir. Sei bem que por vezes pode parecer tudo escuro e a vontade de desistir ser mais forte, mas tens de lutar contra isso e levantar a cabeça e acreditares que consegues, e eu sei que sim!
Às vezes a vida prega-nos umas partidinhas para nos por à prova e ver do que somos capazes, mas eu acredito que é mesmo para ela (a vida) ser rir uma pouco de nós e depois no fim sermos nós a rir, mas de felicidade e alegria por ter conseguido ultrapassar o obstáculo e a rir para a vida e dela, por pensar que conseguia ser mais esperta que nós.
Eu bem sei que é muito difícil acreditar nestas palavras e ser forte e seguir em frente, mas eu acredito na força que o ser humano possui dentro de si e quando quer consegue atingir os seus objetivos. E o mais importante de tudo é que EU ACREDITO em TI! E acreditarei sempre e estarei sempre do teu lado a dar-te a mão e apenas estar ao teu lado para sentires o calor humano, para te dar aquela força, aquele apoio, aquele impulso que precisas, sem pronunciar uma palavra, apenas estarei!
Um grande e apertado abraço, e um enorme beijo, da tua para sempre amiga do fundo do coração...... <3


Bem digam lá se não é de ficar com o coração pequenino, pequenino...

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Porque, enquanto nos for possível, tudo tem que tem que ter uma comemoração como deve ser, este fim de semana vamos passa-lo fora. O macho/melga desta vez esmerou-se. Além de ter um ramo com uma rosa vermelha à minha espera, também organizou esta surpresa.
O local de eleição será o hotel "casino de Chaves 4*".
Que além de aparentemente ser bastante moderno, ter animação nocturna, também tem spa. O que para nós é quase indespensável.
Bem já me estou a imaginar novamente no jacusi... Hum... Mas que maravilha aquelas bolinhas todas nas costas... Epá nem sei como vou aguentar esperar mais dois dias... :)

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Se ontem fez 2 anos que casamos, hoje faz faz o mesmo que partimos para concretizar um desejo mutúo.
O de fazer uma lua de mel 5*...
E assim foi, por esta altura estavamos no aeroporto de Lisboa, à espera da hora para embarcar para "Punta Cana - República Dominicana".
Um sitio que nos marcou, por muito e muitos bons aspectos.
Primeiro, porque lá tudo era maravilhoso, o clima, as pessoas, o resort. Bem o resort nem se fala. Era mesmo bom. Bem sei que lá todos são bons mas só posso falar do nosso. Muito bom!
Entre outras coisas, fizemos uma viagem à ilha "Saona" e pela primeira e talvez única vez, pegamos em estrelas do mar, vivas, exactamento no meio do mar. Bem, mas que sensação.
Depois, porque conhecemos lá uns portugueses que se tornaram amigos mesmo muito chegados.
E por ultimo, porque lá tinha tudo para ser uma lua de mel maravilhosa, cheia de muito amor e muitas pinacoladas (hum.. mas que saudades).


Se entretanto me sair o euromilhões faço intenção lá voltar... Se não, contento-me mesmo pelo México.. Ou até o Brasil... :)))

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Bodas de algodão

Á 2 anos por esta hora a dor de barriga começava a aparecer.
O dia do casório tinha chegado.
Simples e intimo, tal como queriamos, estava prestes a acontecer.
Foi um dia cheio de alegria, junto das pessoas que realmente nos dizem muito. Foi um dia de muito calor de temperatura e calor humano. Estavamos os dois muito calmos e com a certeza que era isto que queriamos.
Foi um dia cheio de magia e muito, muito amor!
Parabéns amorzinho... Que nos lembremos sempre, principalmente nas alturas menos boas da vida, da felicidade que os nossos olhos espelhavam neste dia...

Felicidade é estar casado com o nosso melhor amigo. Estes quase 6 anos foram dos mais felizes que tive até hoje... Amo-te muito!

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Já me estragaram os planos.
Este fim de semana, eu e o "melga man" para comemorar (anticipadamente) o aniversário de casório e como já há popó novo, ia-os passa-lo fora.
Andamos toda a semana a ver hoteis com spa ou piscina exterior, para passarmos um fim de semana exelente.
Há pouco, a minha colega de trabalho esteve aqui com um choro de cortar o coração, a dizer que não podia vir trabalhar.
Não me contou a história totalmente, mas são questões do coração e a familia pelo meio.
Mesmo a tentar-se controlar chorou, chorou e eu que havia de dizer, sei com toda a certeza que o meu patrão não pode vir para a loja, o que havia de lhe responder?
Sim, claro! Ela é muito boa menina, merece!
Resumindo, lá se foram os planos para um fim de semana de muito namoro... Vamos ter que improvisar qualquer coisa lá por casa...

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Hoje, ao fim da tarde, vou sair mais cedo do trabalho e vamos buscar o meu maquinão novo.
Bem, não é mesmo novo, é de 10/2009 por isso para mim é como se fosse novo.
Aparentemente parece estar em muito bom estado, vem com imensos extra, incluíndo estojo em pele, etc. Tinha mesmo que ser, a minha carrinha estava a ficar muito cara e em breve ía precisar de um bom investimento (correia da distribuição, pneus, escovas, etc). Por isso acho que estava mesma na altura de trocar e acho que fizemos um bom negócio... A ver vamos... Daqui a uns meses é que vamos ver...

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Os pequenos almoços na pastelaria, os almoços fora de casa, o acordar tarde e demorado... Acabou-se! Estamos de volta ao trabalhinho...

Chego á loja e tenho logo uma péssima noticia. A mãe de uma grande amiga de cá, teve um avc á 15 dias e está mesmo muito mal no hospital.
Fiquei destroçada... Soube que não fala e segundo os médicos não voltará a falar, está paralisada num dos lados do corpo, não conhece as filhas e não reage a nada.
Faço uma pequena ideia como estará aquela familia... É de arrepiar!

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Cá estou eu... Estou de férias, mas este ano como não fui para fora, nem parece férias.
Estivermos 3 dias em Arouca na outra semana, mas aquilo lá para nós, que não ligamos muito ao sossego, aqueles dias foram uma seca. É muita paisagem, muito verde, muitooo calmo... :)
Entretanto, não temos feito grande coisa porque queremos trocar a minha carrinha e como tal os dias tem sido passados a ver carros... Já temos um em vista, que gostamos e está dentro do nosso orçamento, mas como é lógico queremos espremer mais um bocadinho, claro. A ver vamos.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

E esta semana que está a custar muitoooo a passar.. É a ansiedade das férias... São outras coisas importantes... Enfim é um nervoso miudinho na barriga... :)

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Por aqui já só se pensa em férias!

Daqui a 42.5 horas de trabalho posso gritar para toda a gente:
- Queridos colegas, clientes simpáticos/antipáticos ESTOU DE FÉRIAS.. Até setembro... :)
Durante 3 semaninhas dificilmente me vão pôr os olhinhos em cima por aqui.
Ai que bom!
Apesar deste ano não ir como habitualmente para fora, porque o dinheiro ou vai para um lado ou vai paro o outro... Não estica.. Não tem mal, férias são sempre férias.
Vamos 3 dias para a Arouca que já está comprado e depois logo se vê... Também temos muita coisa programada para fazer lá em casa, mas irá sobrar sempre, mais uns dias para ir para qualquer lado.
Só não ter horários para cumprir já não é nada mau! :)

sábado, 28 de julho de 2012

Anda uma pessoa abrir mão de ir de férias, pra juntar uns trocos, basta a carrinha dar o "berro" e prontos, lá se vai tudo por água a baixo.
Pela terceira vez, avaria na mesma peça, no ano passado ficou por mais de 500 euros, vamos lá ver o tombo este ano...
Tou mesmo lixada...

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Bem, esta noite esteve um tempo terrivel... Muita chuva e muita trovoada... Metia medo!
Os meus bichinhos adoptivos tiveram uma prova de fogo esta noite.
Como sabem, eles estão na minha varanda de trás, que não é coberta, como não temos nenhuma casota para eles, eles estão num caixote de madeira com uma mantinha, por baixo de uma cadeira e com um guarda sol por cima.
Mas aquilo guarda o sol e não a chuva, como tal, hoje ás 5h30 da manhã acordei e ví que o maridinho não estava na cama, ouvi os bebés a chorar, desesperados, levanto-me e aparece logo o maridinho todo a pingar, esteve lá fora a tirar os bebes da chuva.
Encontrou um fora do caixote e dois a tentar sair, porque o caixote estava cheio de água e assim era uma autêntica piscina. Por sorte não morreram afogados.
Toca a secar o caixote da melhor maneira, por mantas, limpa-los para os aquecer, (um deles até parecia já estar meio morto, mas não está) e po-los abrigados, foram para a varanda da frente, mas lá não podem ficar porque existe muitos cães soltos e podem lhes fazer mal.
De manhã ,com medo que chovesse durante o dia, pu-los na garagem do maridinho que é aberta, a mãe bem os viu, mas não foi para a beira deles. Espero que não os abandone.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

E o livro está todo lido... Ontem não descansei enquanto não soube o fim da história. Muito bom...
Hoje começa mais uma maratona de 7 dias de muiiitooo namoro, á pouco mandei uma mensagem ao maridinho.
- Então é hoje que me fazes um filho? :) Ao que me responde:
- Hum... Não sei, vou ter que ver na agenda... :)
Tão querido, este meu marido!... :)

terça-feira, 24 de julho de 2012

Ontem retomei um velho hábito que estava adormecido... Ler...
Comecei a ler o livro "Um erro inocente" da Dorothy Koomson que é  autora do best-seller "A filha da minha melhor amiga" que adorei, o livro que mais me marcou até hoje, recomendo vivamente.
Este tem 448 páginas e eu que só comecei ontem já vou na 177, tenho a impressão que mais dois diazitos e está aqui a "je" a chegar ao fim...

sexta-feira, 13 de julho de 2012

E hoje estou uma "pita chorona".
Faleceu a mãe de uma senhora cá das lojas, uma senhora com mais de 80 anos, que já estava no hospital muito mal.
Mas mesmo assim é sempre um assunto sensivel e hoje o tema da conversa claro está,  não é dos melhores e vai sempre dar ao mesmo.
Eu que nem conhecia a senhora, mas gosto e dou-me muito bem com a filha, sempre que puxam o assunto, começo logo a chorar.
Não sei se é da medicação, se estou mais sensivel (que estou e muito) o que é certo é que hoje estou que nem posso, até me sinto mal por estar assim.
O coração apertado, os olhos sempre cheios de água. O marido coitado, já não tem o que mais me possa dizer para me alegrar, mas hoje, realmente acho que nada, nem ninguém, o vai conseguir fazer.
E a esperança morreu no dia que nasceu...

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Para descontrair.. :)

Um homem vai ao banco e diz para a funcionária:
- Quero a abrir a porcaria de uma conta na merda deste banco.
- Desculpe???! Acho que não percebi bem. - diz a funcionária indignada.
- Quero abrir a porcaria de uma conta na merda deste banco.
Nisto ela levanta-se e vai ao gabinete do gerente do banco, explica-lhe a situação, ao que ele responde que ela não era obrigada a aturar esse tipo de linguagem e que ele mesmo tratava da situação. Chegando ao balcão pergunta:
- Posso ajudar?
E o homem responde:
- Quero a abrir a porcaria de uma conta na merda deste banco, ontem saíram-me 76 milhões na Lotaria e cumé demora muito?????
E diz o gerente bancário:
- Pois é senhor Doutor! E esta puta a demorá-lo!!!
E começa a doer a barriga... Ansiosa...

terça-feira, 10 de julho de 2012

E os novos membros lá continuam a fazer do meu terraço o seu humilde lar.
A mãe gata, além de ser uma "maria vai com todos" não é muito meiga, nem preocupada com os seus filhotes, (dorme com eles no cesto, va lá) mas de resto, poucas vezes a vejo lá a tomar conta dos seus rebentos.
Ontem à noite estive a improvisar uma barraquinha, já que não tenho casota, pelo menos assim ficaram mais quentes, pus umas mantas à volta da cadeira que esta a fazer de telhado ao caixote dos bebés, assim já não lhes dá tanto frio. Taditos, tão pequeninos...
Quando me levantei de manhã, ela estava junto à porta para receber a sua dose de comida seca, comeu e quando ficou satisfeita foi logo dar uma volta. Estava a contar que fosse dar de mamar aos seus filhotes, mas não, foi para o campo do vizinho, olhar para o infinito.
Na hora de almoço vou lá ver como eles estão. Agora é esta a minha sina... Tomar conta dos bebés dos outros! :)

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Como já devem saber eu tenho um gato que à 2 anos salvei da morte certa com muito carinho e paciencia (biberão de noite de 3 em 3 horas, etc)...
O "Sissi" esse está sempre dentro de casa e é mesmo nosso.
Temos depois 2 irmãos que apareceram no terraço á coisa de meio ano e da-mos lhe ração 2 vezes por dia e foram ficando, ficando, uma é fémea e o outro é macho.
Já inhamos visto que a gata é um bocado "maria vai com todos" e claro está engravidou, mas pensavamos que não era para já.
Ontem fomos fazer um pic nic pó rio com a famelga do marido e ao chegar a casa tinhamos uma surpresa à nossa espera, a gata veio ter os seus filhotes no meu terraço...Sujeitos a cair, já que numa das parte não está fechada e é uma altura consideravel. E assim começou mais um problema lá em casa.
Com tantos sitios para ela os ter, foi mesmo lá te-los, ainda dizem que os bichos não são espertos.. Ai não são?... Ela bem sabia que não a ía-mos abandonar.
Mal vimos os bebés, toca a arranjar um cestinho com uma manta para os lá colocar, (foi mesmo o cesto do Sissi, ele nunca lá dorme) hoje ainda os mudamos de sitio (para a parte de baixo de nossa casa que não esta habitada) mas tivemos que voltar a traze-los. a gata bem viu para onde os levamos mas não foi ter com eles, habituou-se ao terraço. agora ninguém a tira de lá.
 Como me é totalmente impossivel ficar com mais gatos, quem quizer algum bichinho eu agradeço.. Tem 2 pretos e 1 esverdeado.. Lindos! Darei-os logo que deixem de mamar.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Mais uma noite de festa!
Ontem, sem o maridinho saber, convidei os amigos mais próximos para irem lá casa fazer-lhe uma surpresa.
Disse ao marido que vinha lá casa no intervalo do jogo a minha irmã e o meu primo cantar-lhe os parabéns, por isso não desconfiou muito ao ver as sobremesas e os salgados. E na hora marcada tocaram á campainha e foi ele abrir (já fiz de propósito) e lá começaram a chegar os amigos mais chegados e foi uma grande festa e realmente ví que ele gostou da surpresa, (que ele não liga muito a festas de aniversário dele).
Gostou tanto, que hoje até deixou um comentário agradecer no facebook e isso vindo dele é meeeesmo de admirar.. :)
Ele merece!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Esta noite dormi super mal e pouco. Como a festa ontem foi rija, toca a emborcar comida com fartura, só coisas que fazem muito bem...
Resumindo chego a cama (tarde), dar os presente ao maridinho porque já era o dia de aniversário dele, mais tarde ainda, estomago cheio, primeiro que adormeça, um filme, viro, viro e reviro e já eram 1h30m da manhã recebo uma mms.
De quem era??? Ou melhor, o que era???
Uma foto de uma bebé! Filha minha melhor amiga de infançia, a sua Carolina tinha finalmente resolvido nascer.. Sim.. Porque como eu lhe disse já tinha passado o prazo de validade dela lá dentro... (já tinha feito as 40 semanas)
Fiquei radiante e então depois é que foi um filme para adormecer..
Hoje ando em modo zombi.. E logo.. Festa outra vez... Lá em casa.. :)

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Ah e amanhã o maridinho faz anos, jantar especial, mais bolo e docaria..
Hum.. Uma maravilha para quem quer emagrecer.. :)

Lá se vai a dieta!

Hoje o padrinho de casamento faz anos e o casal, também faz anos de casamento, por isso vai haver festa da rija, em casa deles.
A madrinha convidou os amigos dele, para um jantar que ele não sabe (pensa que é só pós de casa).
Á pouco, quando mandei uma mensagem a dar os parabéns, o padrinho mandou dizer para nós passarmos lá em casa logo para comer uma fatia de bolo..
E eu respondi que sim.
A madrinha mandou uma mensagem em tom de gozo:
- Até pensei que não viessem, convite feito tão em cima da hora, pensei que já tivessem coisas marcadas..
Lolll.. Já estamos convidados á mais de 15 dias pá ir lá casa.. :))

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Não morri... :) Ando meia desligada, mas continuo a ler-vos.
Por aqui está tudo bem, ontem comecei a tomar o medicamento que o médico me receitou, vai ser durante 5 dias e passado mais uns dias começa a maratona do namoro.. :)
Como disse o médico apeteça, não apeteça durante estes 8 dias vão ter que namorar todo o santo dia.. O maridinho ficou todo sorridente quando lhe disse.. Tenho a certeza, que ele até não se importa muito, que eu para o próximo mês tenha que voltar a fazer o mesmo... :)))
Vamos lá ver como vai correr... Estou confiante!... :)

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Hoje tenho um andar novo. Estou toda descanselada..
Ontem, junto com alguns membros da familia do maridinho, fomos a Sta. Rita a pé, deve ser a volta de 30km ou nem tanto.
Fiz a caminhada sempre na frente e sempre a puxar, como se fosse numa de ganhar. Todos os outros estavam admirados, porque pensavam que eu ía ser a que iria ficar sempre para trás, mas não.´P´ra frente é que é caminho e é sempre a andar.
Fiz a caminhada muito bem até pararmos para tomar o pequeno almoço, parar é um grande erro, depois custa muito mais, mas mesmo assim fiz bem. 
Quando cheguei a casa, mal tirei as sapatilhas e ví os meus ricos pés, aiiii estavam uma lástima, cheios de bolhas, hoje ando com um andar novo, qualquer movimento feito para andar é um martírio.
Bem feita!
É o que dá querer fazer maratonas e não ser a pessoa mais indicada para isso... :)

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Voltei.. A vida boa acabou-se.. Este fim de semana foi muito bom.
O hotel em braga não é maravilhoso (para 4* achamos um bocado fraquinho) Golden Tulip Braga  mas foi muito bom.
Fizemos jacuzi, banho turco, piscina (só o maridinho porque a água estava muito fria para mim).
O jantar no hotel foi agradável, só não foi o preço das bebidas e do café, (não estava incluído) credo 1.50E por uma simples água tingida..
O pequeno almoço também foi muito bom.
Mas bom, bom, foi ter namorado muito. Qualquer dia voltamos a repetir.. :)

sábado, 2 de junho de 2012

Hoje vai ser o dia da surpresa que preparei pó maridinho.
Ainda não tinha dito nada, porque ele passa por cá às vezes e assim deixava de ser surpresa.
Ele não sabe de nada, só sabe que não vamos estar por casa, porque teve mesmo que saber, dado um convite que nos tinham feito, de resto nada, deve desconfiar de alguma coisa, mas ao certo não sabe de nada e assim vai ficar até a hora de arrancar.
Vamos passar o fim de semana fora a um hotel 4* todo xpto. :)
Comprei nestes sites da moda um pack de noite + peq.almoço +  jantar + spa, bem pelas fotos parece-me que vamos passar um fim de semana em beleza.
Era para ser uma das prendas de aniversário para ele, mas não consegui marcar para outro fim de semana, dado que  já estava tudo cheio, assim sendo cá vamos nós hoje.
Vamos logo após o almoço para aproveitar o spa e tudo o que o hotel tem para nos oferecer.
As expectactivas são um bocadinho altas, a ver vamos se não desilude.
Vai ser hoje que fazemos um feijãozinho... :))))

sexta-feira, 1 de junho de 2012

E que na hora de almoço, ao chegar a casa da minha mãe como é habitual, a minha irmã tinha resgatado da rua uma cadela, que apesar de ser ainda muito novinha vai ser um bicho enorme, mas lindo..
Apaixonei-me por completo por ela.. Eu, que até à uns 3/4 anos ter animais meus, nem pensar.
O problema é que minha irmã já tem um cão, a minha mãe não quer, porque o meu pai não gosta muito de animais que não deem lucro (que não sejam para comer). Só resto eu..
Eu, que me apaixonei completamente por ela (sim, é um ela, até já tem nome e tudo). Tirei uma foto com ela e mandei pó maridinho.
A resposta que recebi logo foi:
- Onde arranjas-te esse saco de pulgas? (ele tem um humor muito apurado, mas adora animais e os animais adoram-no).
Liguei-lhe a explicar e a perguntar se podiamos ficar com ela, que era um amor, muito esperta, bem comportada blá blá blá..
Ele diz e é verdade, não temos a onde a pôr.
Dentro de casa com o Sissi nem pensar (ele não gosta de gatos, cães então, devia ser bonito), cá fora não tenho grande sitio, a varanda é grande mas da lá o sol de manhã à noite, a bicha morria de certeza.
E depois também é a despesa que ela iria dar. Ter que a levar ao veterinário dar-lhe as vacinas, remédio das bichas, mais tarde ter que a capar, etc.
Sim, porque o que fica mais caro nos animais é sem dúvida, as idas aos senhores doutores, ração bem se compra, o resto, é que é pior.
Mas eu que gostei tanto dela?
É tão inteligente, bem comportada, um amor mesmo. Aposto que seria uma exelente companhia.
Vamos lá ver se, logo quando o maridinho a vir, se apaixona tanto por ela como eu.. Deus queira que sim.. :)

O Selo

Hoje logo pela manhã alguém me fez mt feliz.
Esse alguém foi a Sue. E porquê?
Porque foi uma querida, deu-me o meu 1º selo.
Uma querida mesmo! Gostei imenso.
Como sou nova nestas coisas pouco percebo disto mas vou tentar, por isso aqui vai:

 


As regras são as seguintes:
- Dizer quem criou o selo e linkar o seu nome: A Sue do blog "About sue"
- Dizer quem ofereceu o selo e linkar o nome da pessoa: Sue, gostava muito de linkar mas não sei como se faz.
- Responder às perguntas que se seguem.



1- Diz qual é o teu clube: Portoooo

2- Qual é o teu maior sonho? Adoro viajar, mas neste momento o que mais quero é sem dúvida engravidar e ter um bebé saudável.

3- Qual é o teu animal favorito? O meu Gato "Sissi" pós amigos.

4- O que mais te irrita? Falsidade

5- Que tipo de filme preferes? Sem dúvida comédia

6- Qual a rede social que mais gostas? Facebook

7- Quais as palavras que estás sempre a repetir? Bem... Ou.. Óh pah..
 
8- Diz um desporto que adores: Hidroginástica (apesar deste momento não praticar)

9- Se pudesses pedir um desejo ao génio da lâmpada, qual seria? Simplesmente ser feliz!

10- Qual é o teu nome? Márcia



Oferecer a 8 blogues e linká-los: Óh pá, eu até gostava mas não sei fazer isso.. :) E não tenho assim tantos connects nos blogs... :))
 

quinta-feira, 31 de maio de 2012

E prontos hoje lá para as 17h vai ser hora de "abrir as perninhas" a outro homem que não o maridinho.. Isto começa a ser um hábito.. :)
Para quem não leu o ultimo post..
Vou ao ginecologista, não façam já um grande filme nas vossas ricas cabeçinhas... :)))

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Amanhã vai ser dia de médico, vou a um genecologista particular que me disseram ser especialista em milagres de fazer bebés (infertilidade é uma palavra que ainda não utilizo).
Vou por intermédio de uma paciente do consultório onde a minha irmã trabalha.
Essa senhora esteve 6 anos como eu, exames, exames e levava sempre a mesma resposta:
- Está tudo bem, tem que ter calma que um dia destes acontece.
Ela tal como eu, (que só estou a pouco mais de 1 ano) fartou-se da espera desse dia, foi a esse genecologista que lhe receitou uma medicação na 2º consulta (tem que se fazer render o "peixe") e ao fim do 1º mês a toma-la engravidou... De gemeas!!
É um risco que ela sabia que corria.
Eu, amanhã ao fim do dia vou sair mais cedo e lá vou eu com os meus exames ver a opinião do médico. Bom mesmo, era passar logo a medicação, mas não  me parece que seja assim, a ver vamos. Pode até "encontrar" algum problema que os outros médicos não tenham visto. Espero bem que não.
Torçam por mim.. Tanto quero um "feijãozinho" dentro de mim, ou talvez dois.. Quem sabe.. :))

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Ontem à noite finalmente ví um filme que já à muito tempo desejava ver.
As "Serviçais".
Tal como esperava, um exelente filme. Gostei mesmo muito e recomendo.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Desilusao..

Quem trabalha em centros comerciais sabe que os "vizinhos" de loja, com o tempo começam a ser os amigos, com que nos damos melhor, porque estamos juntos muitas horas por dia.
Aqui na minha loja nao deixa de ser igual. Como tal, tenho aqui muita gente que me dou muito bem, mas as mais chegadas à minha loja, são sem duvida as que me dou melhor.
Mas tem uma que, então a considerava uma grande amiga.
Essa amiga é dona de uma loja aqui, que ela explorava com artigos de artesanato, como o negocio dela não funcionava, ela alugou a loja agora à poucos dias.
Quando ela nos disse que ia alugar a loja (a mim e ao outra vizinha) eu perguntei-lhe de que ramo iria ser. Disse-me que tinham-lhe pedido segredo ao qual respondi que não havia problema. A conversa continuou e como tenho muito à vontade com ela disse-lhe:
- Fogo diz lá o que vai ser, estou curiosa. Ao qual tornou a responder que não podia dizer a ninguem.
Eu olhei para a outra e pela cara dela, percebi logo que ela já sabia o que era. Como ela percebeu isso, respondeu-me:
-Não olhes para mim, porque eu tambem não sei de nada.
Claro que eu não me acreditei, mas como não tinha a certeza, tudo bem.
Os dias foram passando e nada, não tornei a tocar no assunto. Ontem foi o ultimo dia dela cá e só esteve até meio da tarde.
Logo após ela ter ído embora, a outra em conversa acaba por se descaír e dá a entender que aquilo que eu já imaginava à muito. Que sabia o que era a futura loja.
Eu fiquei logo desconsolada, mas tudo bem, contou-lhe a ela e a mim não, mas tudo bem, foi uma opção dela.
A tarde passou-se e ao fim da tarde, veio cá uma outra lojista que me dou tambem muito bem (mas que pouca ou nada confiança tem com essa minha amiga) e conversa puxa conversa e o assunto acaba no que será a futura loja ao qual para meu grande espanto me diz:
- Ui tu não sabes o que vai ser a loja? Não me acredito.. És tão amiga da Betinha. Eu respondi:
- Não, não sei porque é segredo. Ao qual me responde:
- É tão segredo que té eu já sei.
Eu fiquei boquiaberta. Ela acabou por me contar, que não foi a ela que lhe tinha contado, mas que do lado da ponta do centro já toda a gente sabia.
Ao qual eu fiquei super triste porque tanto segredo, tanto segredo e afinal ela acabou por contar a quem tem a lingua comprida e acaba por contar a toda a gente.
Fiquei triste, fiquei, não esperava isso dela. Tão minha amiga, já para não dizer a unica até á bem pouco tempo, porque as amizades que fez, foi através de mim e agora por uma coisa de nada, vou ficar triste com ela.
Ela hoje vem cá, a minha dúvida é se lhe hei-de abordar o assunto e mostrar-lhe como fiquei triste, ou se a deixo ir a vidinha dela.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

E assim chega o fim de semana...de mansinho, a sussurrar-me ao ouvido tudo o que vamos fazer juntos, a deliciar-me com o seu encanto natural! 
Lembrem-se: façam valer a pena cada segundo...pois cada segundo é único e irrepetível!

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Para começar bem o dia..

Depois de muitos anos sem se verem, dois velhos amigos reencontram-se. Depois de colocada a conversa em dia, um deles pergunta ao outro "E que tal vai essa vidinha sexual, pá?". O outro, de ar contristado, responde: "Coca-Cola, pá! Coca-Cola". "Como assim, Coca-Cola?". "Primeiro Normal, depois Light e agora, Zero!"
Prontos e pelas 4 da manha la fui, com o maridinho leva-los ao aeroporto Sa´ Carneiro, eles la foram todos nervosos pela sua primeira viagem de aviao..
Boa viagem..  Domingo `a noite la´ estarei para vos ir buscar...

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Amanha vai ser dia de levantar o corpinho da cama antes das 4h para levar os papas ao aeroporto.
Vao concretizar um sonho da manhe.. Ir `a Madeira.
Espero que apanhem bom tempo para aproveitarem ao maximo s 4 dias que la vao passar.
Eu tambem queria ir... :( Nao pode ser.. Ferias so pa Agosto e este ano nao sei se vou pa fora. A famosa crise poe-nos a pensar 2x antes de ir..

quinta-feira, 3 de maio de 2012

E o incendio que aconteceu esta manha aqui tao perto.. Três empresas de um complexo industrial em Vandoma, Paredes, arderam por completo. 
Ainda nao la passei, Porque fica-me fora de mao, mas pelas noticias, aquilo ficou tudo em carvao.. 
Faço ideia a dor daqueles donos e empregados. Isto nao esta facil e com uma desgraça destas vai ser muito complicado voltarem se a erguer.. 
Ainda `a poucos meses la´ estive para ver uns sofas.. Agora pelo que percebo nem paredes ficaram para contar historias..

segunda-feira, 30 de abril de 2012

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Ontem foi dia de jantarada na casa de uns amigos, com os amigos do costume.
Quando a minha madrinha, que esta gravida me viu, disse:
- Fogo como tu estas mais magra, estas tao gira!.. O´ Helio (padrinho) olha como a nossa afilhada emagreceu..
Eu ca, nao acho que se note assim tanta diferença, mas vou pensar que sim.. Faz bem ao ego acreditar que se nota assim tanto...
Nao engravido, mas estou mais gira.. Ao menos isso!.. :)

domingo, 22 de abril de 2012

Pouco para dizer..
Atraso na menstruaçao.. Teste de gravidez... Resultado negativo...
Triste como nunca estive..

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Destas coisas so´ mesmo comigo..

Agora antes de entrar para o trabalho, fui `as bombas meter 40 euros de gasoleo..
Vou ao balcao para pagar e dou o cartao de multibanco como faço sempre..
Ate´ aqui tudo normal.. A menina da-me o multibanco para eu marcar o codigo e eu.. aaaaaah.. nao me lembro... Ai que horror deu-me uma branca por completo.. Felizmente trazia 100 euros comigo (coisa que nunca acontece porque pago quase tudo com o cartao magico) para pagar uma coisa da minha mae e paguei com esse dinheiro..
Mal entreguei a nota, lembrei-me logo do codigo, mas por segundo bloquei por completo.. Valha-me deus.. Como diz o marinho: "Estas mesmo um carcaço acabado..." :) Acho que vou passar na farmacia, para comprar uma vitaminazinhas pa cabeça... :)

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Um alemão de 43 anos conheceu uma mulher, de 47, na noite de Munique e os dois acabaram no apartamento dela. Só que a mulher era uma ninfomaníaca. Ela trancou o parceiro no quarto e exigiu sexo, sexo, sexo e mais sexo… Exausto, sem condições de apagar o fogo da mulher e impedido de sair do quarto, o homem refugiou-se na varanda e chamou a polícia!

De acordo com a revista “Stern”, o sujeito contou ter feito sexo com a mulher várias vezes. Mas ela nunca ficava satisfeita.

A dona do apartamento pode ser processada por coerção e cárcere privado.


Bem isto e´ que se pode chamar de fome... Muita fome... :)

terça-feira, 17 de abril de 2012

Aqui a dias recebi uma carta das finanças a dizerem que deixei de ser isenta nas taxas moderadoras, como ganho o ordenado minimo, pensei que tivesse havido algum engano qualquer.
A minha irma, como tinha que ir ao posto medico levou a carta e o meu irs e perguntou se estava correcto ao que responderam que sim, que agora nao e´ o irs que conta mas sim os bens e a conta do banco.
Como tenho casa propria, 2 carros, sem filhos e sem emprestimos (`a custa de muitos sacrificios e abrir maos de muitas coisas) o governo acha-me rica..
Nada como começar o dia com uma noticia destas.. Pelo menos aos olhos de alguem eu sou rica... Enfim..

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Um beijo apaixonado pode movimentar até 29 músculos, gastar entre 12 e 14 calorias e elevar o ritmo cardíaco até aos 150 batimentos por segundo. É ótimo para a condição física! :)

Bom Dia Internacional do Beijo! :)

quinta-feira, 12 de abril de 2012

"Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é "muito" para ser insignificante

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Este tempinho deixa-me os nervos a ferver. Tenho uma comunhao domingo e estava descansada com a fatiota porque ia aproveitar uma que ja tinha usado, mas como ja passou algum tempo o mais certo era ja´ ninguem se lembrar dela, mas esta e´, de primavera e este tempinho nao esta nada quente.
Por isso, esta semana tenho percorrido varias lojas com o objectivo de comprar alguma coisa, mas azar dos azares so´ existe roupa de verao nas lojas, e´ que mesmo com um casaco de malha, esta´ frio na mesma. Rrrr que stress..

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Para começar a semana com boa disposiçao..

Quase no fim de uma entrevista colectiva, um repórter fez a seguinte pergunta aos três políticos presentes:
-Senhores, se vocês fossem solteiros, com quem os senhores gostariam de se casar?

O primeiro a responder foi Santana Lopes:
-Eu casaria com a Diana Chaves, a mulher mais bonita de Portugal!

Então, um bêbado, lá no fundo, batendo palmas, grita:
- Isso mesmo, muito bem, casou pela beleza, muito bem!

Logo após, Cavaco Silva deu a sua resposta:
-Eu casar-me-ia com a minha actual esposa, pois eu amo-a e ela ama-me!

O bêbado, mais uma vez:
-Muito bem, tá certo, casou por amor, boa! Muito bem!

E então, o José Sócrates, demagogo como sempre, deu a sua resposta:
-Eu casaria com Portugal, o meu coração pertence ao país!

O bêbado, mais eufórico que nunca, respondeu lá de trás:
- Sim senhor, muito bem, isso é que é um homem honrado: f*deu, tem que casar ... !!!